Tradução: Alexandre Dias

 

Donga escreve para Villa-Lobos

Quanto valiam $500 em 1940?

Daniella Thompson

5 de março de 2002 (revisado 28 de fevereiro de 2014)
Tradução: 24 de novembro de 2005


Donga

Treze dias depois de Villa-Lobos enviar sua carta a Stokowski, os “elementos” fizeram suas próprias exigências:

Rio, 29 de Julho de 1940

Exmo.Snr.Maestro H.Villa-Lobos

Na qualidade de encarregando de convocar e organizar os elementos para tomarem parte nas gravações do Exmo.Snr.Maestro Leopoldo Stokowski e necessitando um adeantamento urgente para as despezas com os referidos elementos por vós determinados, peço-vos providencieis no sentido de me ser confiada a importancia total de 1:700$000 (um conto, setecentomil reis) afim de ser distribuidos do seguinte modo:

ao encarregado do Maracatú e Frevo 200$000
ao encarregado do Grupo Regional 200$000
ao encarregado dos Sambas 100$000
ao encarregado de Macumbas, Candomblés e Batucadas 200$000
ao encarregado das Modinhas 50$000
ao encarregado dos Choros 200$000
ao encarregado de Emboladas, Desafio e Toada 300$000
ao encarregado das Instrumentações 200$000
Despezas diversas (automóvel, etc.) 250$000

Total 1:700$000

Aproveito a oportunidade para vos apresentar os protestos de alta estima e consideração,

Ernesto dos Santos “Donga”

A carta de Donga (veja facsimile abaixo) exibenão só a assinatura de quem a escreveu, mas também a de Villa-Lobos, que atesta tê-la visto e concordado com as condições estipuladas.

= = =

De acordo com meus cálculos de 2002, 1:700$000 equivaliam a aproximadamente US $595 na época.* Se este era o caso, então Donga estava pedindo 19% a mais do que o valor ($500) que Villa-Lobos pediu a Stokowski—nada mais do que qualquer contratado sabendo seu próprio valor pediria. Embora a cifra de $595 pareça perfeitamente razoável, devemos considerar uma carta enviada por Carmen Miranda dos EUA em dezembro de 1939, na qual ela fixou um conto em $50, o que converte 1:700$000 na quantia minúscula de $85. Tendo agora [em 2014] me beneficiado das conversões históricas de câmbio através do site MeasuringWorth.com, descobri que, em 1940, o dólar valia 16.512 mil réis, transformando os 1:700$000 de Donga em US $102.96. Portanto, ao que parece, Villa-Lobos pode ter embolsado em torno de $400 se a Columbia de fato pagou $500, como estipulado pelo compositor.

Qual era o poder de compra do dólar nos EUA naquela época?

Em 1940, uma geladeira de porcelana custava $157.75. Um jogo de 50 talheres de prata de lei com padrão “Rose”, fabricado em Baltimore pela Stieff Co., custava $150. No mesmo ano, os pais de Don Stott compraram um novo Plymouth por $660. Cinco anos antes, eles compraram uma elegante casa de 6 quartos, 3 banheiros em uma linda rua de Washington, D.C., por $3.500. Uma casa no campo poderia ser obtida por $2.000 ou menos.

Hoje, uma geladeira grande traz um prejuízo para o comprador de quase $1.000, um jogo de 46 talheres de prata de lei com padrão “Rose” da Stieff custa $1.545, enquanto que uma casa de seis quartos em Washington, D.C., extrai pelo menos $1.5 milhão. Aquele Plymouth provavelmente custaria $25.000 hoje. Se o poder de compra do dólar fosse usado como uma régua graduada, $500 em 1940 provavelmente valeriam cerca de $19.000 hoje, e os $595 de Donga seriam equivalentes aos nossos $22.500. Se usarmos a taxa de câmbio de Carmen Miranda, os $85 de Donga valeriam $3.214 em dólares atuais.

Por outro lado, um pesquisador mais qualificado, o economista Morton J. Marcus da Universidade de Indiana, determinou que uma cesta básica custando $100 em 1997 teria custado $8,72 em 1940. Isto tornaria quinhentos dólares de 1940 iguais a $5.734 no final da década de 90, enquanto que os $595 de Donga valeriam cerca de $7.000 hoje (ou $1.000, se seus 1:700$000 equivalessem a $85).

= = =

* Meus cálculos um tanto convolutos são baseados em informações obtidas na Internet acerca da taxa de câmbio entre o mil réis brasileiro e o Reichsmark da Alemanha nazista ($142,857 = RM1) e uma média aproximada do valor do Reichsmark contra o dólar (RM2,5 = $1).


Scan cortesia de Aloisio Milani

 

Uma crise urbana em agosto de 1940


Copyright © 2003–2015 Daniella Thompson. All rights reserved.